Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Bolsa Rota: Entenda o Que é e o Que Fazer Caso Ocorra com Você

O que é bolsa rota? Quanto tempo esperar?

Sabia que a bolsa rota é um termo utilizado para uma situação comum que pode ocorrer durante a gravidez?

A bolsa rota pode ou não se tratar de um problema assustador que pode ocorrer na gravidez. Pois, trata-se do rompimento da bolsa que abriga o bebê. Essa bolsa contém o líquido amniótico e, se for na hora do trabalho de parto, não há problemas.

Muitas mulheres nunca ouviram falar nesse termo, inclusive eu. Achei super estranho quando me falaram sobre bolsa rota a primeira vez.

No entanto, esse termo é mais comumente conhecido quando se trata de algo ruim, que é quando ocorre o rompimento prematuro da bolsa. Porém, quando a bolsa se rompe na hora natural do trabalho de parto, esse nome também é usado.


Pode parecer difícil no começo, mas cuidar do umbigo do bebê é super fácil! Saiba mais e fique tranquila!


Por essas e outras, que é super importante se informar sobre os termos referentes a gestação. Além disso, procurar entender tudo o que for possível e que for motivo de dúvidas, também é essencial para proporcionar uma gravidez mais tranquila.

Então, saiba mais sobre o que é bolsa rota, como, quando e porque ela acontece e, fique por dentro de mais esse tema super interessante!

O que é a Bolsa Rota?

Bolsa rota é um termo utilizado para definir o rompimento da bolsa amniótica, cuja contém o líquido amniótico e abriga o bebê.

A bolsa amniótica é uma membrana que fica dentro do útero e que contém um líquido que envolve o bebê. Ele ajuda a proteger o bebê de impactos e possíveis problemas de infecção.

Quando essa membrana se rompe por alguma motivo, independente de qual estágio da gestação se trate, dá-se o nome de bolsa rota.

o que é bolsa rota
A bolsa protege o bebê para que ele se desenvolva bem

Quando Ocorre a Bolsa Rota

Ela pode ocorrer em qualquer momento e sem aviso prévio. Inclusive, o rompimento pode ser sorrateiro, fazendo com que o líquido amniótico vaze aos poucos, sem que a mulher possa notar.

No entanto, o líquido amniótico é essencial para a saúde e desenvolvimento do bebê. Por isso, o vazamento do mesmo é algo muito grave e, que precisa ser acompanhado de perto pelo médico.

Portanto, minha amiga mamãe super poderosa, diante do menor sinal de umidade excessiva em sua calcinha, ou mesmo a sensação de líquido escorrendo pela vagina, avise imediatamente o seu médico.

Conheço dois ou três casos, em que foram necessárias intervenções médicas. O repouso absoluto ou mesmo o parto antecipado, podem ser necessários. Dependerá do nível do rompimento e da quantidade de líquido perdido.

como identificar a bolsa rota
O que é bolsa rota? Quanto tempo esperar?

Como Identificar a Bolsa Rota?

O primeiro sinal e o mais importante é observar possíveis umidades exageradas na região genital.

No entanto, como a umidade nessa região pode aumentar naturalmente durante a gestação, pode ser necessário um exame de ultrassom para confirmar se a quantidade de líquido está dentro do esperado.

Por isso, se você tiver convicção de que, há mesmo algo diferente, solicite o exame ao seu médico.

Outros sintomas que podem acompanhar a perda de líquido, no caso de bolsa rota, são:

  • Abaixamento repentino da barriga;
  • Movimentação do bebê fora do normal (aumento ou diminuição da movimentação fetal);
  • Dores leves na barriga.

Como Saber se a Bolsa Rompeu de Verdade?

Para confirmar se houve o rompimento da bolsa, é necessário um exame para confirmar. Normalmente, assim que você informar o médico que está notando excesso de umidade na parte genital, ele já tende a solicitar um exame para averiguar.

Porém, caso o médico não solicite o exame, insista.

O que é Feito em Caso de Bolsa Rota?

Quando ela ocorre no momento do trabalho de parto, é normal. Afinal, o rompimento da bolsa nesse caso, já é esperado para que o bebê possa nascer.

Porém, nos casos em que a bolsa rota ocorre em outros momentos da gestação, ela deve ser tratada com antibióticos, a fim de prevenir possíveis infecções.

Além disso, é muito importante que a mamãe tente repousar e descansar bastante. Pois, isso também ajuda no processo de manter o bebê confortável dentro da bolsa, mesmo que ela tenha sofrido algum rompimento.

bolsa rota prematuro
É preciso de cuidar bem durante a gestação, tomando todos os cuidados, para ter uma gravidez tranquila

Mas, nos casos em que a bolsa rota é grave, como quando há grande perda de líquido amniótico, é preciso realizar o parto, mesmo que prematuro.

Se a gestação ainda for muito prematura, com menos do que 37 semanas, por exemplo, e não houver complicações, como sofrimento fetal, ou risco de infecção materna, o recomendado é manter repouso e observação.

Assim, é possível aguardar o máximo que for possível, para que a gestação se aproxime de 37 semanas.

Quais os Riscos da Bolsa Rota?

Os riscos de infecção são maiores e mais graves nos casos de gestação prematura, com menos de 25 semanas, por exemplo.

Se ela não ocorrer no momento do trabalho de parto, é complicada em qualquer fase da gestação. Mas devido ao estágio de desenvolvimento prematuro do bebê, se ela ocorrer do meio para o início da gestação, é muito pior.

Além do que, o fato de ter que mantê-lo dentro da barriga da mãe, pelo tempo que for possível para que ele se desenvolva mais, aumenta o risco de infecções na mamãe.

Portanto, dependendo do caso, realizar o parto prematuro, ainda que muito prematuro, acaba sendo necessário.

bolsa rota parto
A bolsa rota pode ocasionar o parto prematuro do bebê

Bolsa Rota: Consequências Negativas Para o Bebê

O rompimento parcial da bolsa e o vazamento do líquido amniótico, podem fazer com que o bebê fique exposto a bactérias e, consequentemente, infecções. A mamãe também fica vulnerável da mesma forma.

Outro ponto, é que o próprio parto prematuro é um risco para o bebê. Pois, ele nascera sem que o seu desenvolvimento tenha sido concluído.

Bolsa Rota: Quanto Tempo Esperar

É comum os médicos esperarem cerca de 24 horas, após o rompimento da bolsa para então realizar o parto.

Porém, estudos mostram que cerca de 90% das mamães com mais de 37 semanas de gestação que tiveram rompimento de bolsa, entram em trabalho de parto naturalmente em cerca de 48 horas.

No entanto, como há o risco de infecção, devido a vagina estar em contato direto com o útero quando a bolsa se rompe (pois, não há mais a proteção total da membrana) o parto ou a administração de antibióticos é feita após 24 horas.

No caso de optar pelo parto, mesmo que não haja contrações que ocasionam a dilatação naturalmente, podem ser administrados médicos na mamãe, cujos induzirão o parto.

Já o parto de cesárea é indicado caso haja indícios de infecção ou se não houver nenhuma possibilidade de parto normal.

Alguns sinais devem ser observados com atenção, para que o parto seja realizado imediatamente:

  • Caso haja qualquer indício de febre na mamãe. Verificar a temperatura a cada quatro horas, é necessário;
  • Se notar a diminuição dos movimentos do bebê;
  • Ocorrer mudança na cor e no cheiro do líquido amniótico;
  • Caso seja possível ver ou sentir o cordão umbilical.

bolsa rota

O que fazer caso o cordão umbilical saia?

É raro, mas pode sim ocorrer de o cordão umbilical acabar ficando exposto, através da abertura da vagina. Isso pode ocorrer dependendo do tamanho do rompimento na bolsa e, se houver a saída de uma grande quantidade de líquido, antes de o bebê se encaixar para nascer.

O nome médico dessa situação é prolapso do cordão umbilical e casos assim, são perigosos principalmente se o cordão umbilical for pressionado, pois, pode parar de enviar oxigênio ao bebê.

Por isso, caso ocorra com você, é preciso tomar algumas providências rápidas:

  • Avise os seus familiares, ligue para o médico e vá imediatamente para o hospital. De ambulância costuma ser a melhor opção, pois, você poderá ir deitada;
  • Enquanto estiver esperando, mantenha-se na posição de quatro com o bumbum empinado e a cabeça abaixada;
  • Não se sente de maneira nenhuma;
  • Não tente empurrar o cordão de volta para dentro. Aliás, não mexa no cordão, pois, pode acabar agravando a situação.

Durante a ida para o hospital, procure ficar deitada sobre seu lado esquerdo. Isso facilitará a respiração do bebê. E saiba que há grandes chances de que você passe por uma cesárea.

Bolsa Rota Prematura – O Que Fazer

Antes de tudo, mantenha a calma! Tente manter também o pensamento positivo. Sei que deve bater aquele desespero nessa hora, mas pense que vai ficar tudo bem e dar tudo certo.

Além disso, tente não esquentar com a cama molhada, o sofá, ou seja lá onde tenha ocorrido o vazamento. O importante é você e o bebê ficarem bem.

Informe alguém, seu marido, mãe, amiga, enfim, uma pessoa próxima e ligue para o seu médico imediatamente. Provavelmente ele te orientará a ir o quanto antes para o hospital.

Coloque uma toalha ou um absorvente daqueles tipo noturno, e corra para lá. Além de ajudar a proteger a vazamento, colocar alguma coisa para acomodar o líquido ajudará na hora em que o médico for analisar a cor do líquido.

Aliás, já saiba que o líquido pode não ser exatamente como água. Pode ser transparente ou pode ser amarelado também, e até mesmo apresentar um pouco de sangue. Tudo normal.

Porém, caso a coloração seja mais para um tom escuro ou até mesmo esverdeado, é preciso ir imediatamente para o hospital. Pois, isso pode indicar que o bebê está em sofrimento.

No hospital, o seu médico avaliará a necessidade de fazer o parto. Ou, se for o caso, ele irá prepará-la para manter a gestação, sob repouso e observação, para evitar possíveis infecções.

Algo importante de lembrar é que, no caso de bolsa rota prematura, o sexo é contra indicado.

bolsa rota quantas semanas
Ao menor sinal de bolsa rota procure o seu médico imediatamente

Bolsa Rota no Final da Gravidez

Bolsa rota também pode acontecer no final da gravidez, mas aí trata-se de uma situação esperada, na verdade.

Até porque, mesmo que ela não ocorra com 39 ou 40 semanas de gestação, a antecipação do parto não é necessariamente um problema como nos casos em que os bebês são prematuros.

Por isso, para grávidas de mais de 37 semanas, o rompimento da bolsa significa parto à vista! Por isso, você pode agir da mesma forma que citamos no caso da bolsa rota prematura.

Não precisa sair correndo. Ainda mais se tratar do primeiro filho, porque o trabalho de parto em si, demora um pouco nesses casos.

Portanto, mantenha calma, avise a família, tome um banho, se vista, confira a mala da maternidade, e bora lá receber o bebê tão aguardado!

bolsa rota e perigoso
Tudo sobre bolsa rota

Conclusão: Entendeu o que é Bolsa Rota e o que Fazer Caso Ocorra com Você?

É super compreensível que, logo que houve falar em bolsa rota, a mamãe já fique com o coração na mão. Afinal, esse conceito acabou sendo mais associado ao parto prematuro do que ao rompimento da bolsa em si.

Por isso, espero que esse conteúdo tenha ajuda a esclarecer que, se a bolsa rota ocorrer no final da gestação, está tudo bem.

E, caso ela ocorra antes, temos a sorte de contar com muitos recursos médicos maravilhosos, cujos permitem todo cuidado necessário para resolver a situação a melhor maneira possível.

Portanto, fique calma, respire fundo e pense positivo! Eu conheço alguns casos que foram um sucesso, mesmo se tratando de bolsa rota prematura.

Sem contar que, caso o seu caso necessite de repouso absoluto e toda observação médica para acompanhar o progresso da situação, tenho certeza de que você se esforçará e tirará de letra!

Afinal, para ver o nosso bebê, tão esperado, sonhado e amado desde a barriga, vale a pena todo e qualquer sacrifício. Então, cuide-se direitinho!

bolsa rota o que eh
Todo esforço durante a gestação é válido para que o bebê nasça saudável

Caso ainda haja alguma dúvida sobre o tema, porque ele ocorre, enfim, escreva nos comentários! Também peço que deixe os seus comentários contando se você teve ou conhece alguém que teve bolsa rota.

Compartilhar a experiência com outras mamães super poderosas é muito bacana para apoiar, ajudar a esclarecer e dar força! Por isso, contribua aqui deixando sua história e comentários! Uma excelente gestação para você! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *