Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Deixar o bebê chorar no berço até dormir, é correto?

Você gostaria de ficar chorando em sua cama, até dormir?

Deixar o bebê chorar até dormir: esse tema é tão polêmico, mas tão polêmico, que me atrai.

Sempre que eu converso sobre esse assunto com outras mães, eu passo dias pensando e refletindo, tentando entender a lógica por trás de “deixar a criança chorando para dormir”.

Depois de adulta, eu mesma já tive alguns dias bem ruins, fui dormir chateada e totalmente envolvida com as minhas questões, tanto que chorei. Chorei e chorei até cansar e dormi sem perceber.

Acordei pior no dia seguinte, com a cara inchada, cabeça pesada e dolorida… Afff! Não gosto nem de lembrar…

mamae-super-poderosa-mulher-chorando-na-cama-deixar-o-bebê-chorar
Se para os adultos é tão ruim ir dormir mal e chorando, imagine para os bebês que são tão indefesos?

Agora, pensa exatamente isso acontecendo com uma criança. Um bebê, que não tem controle emocional, que não tem maturidade para lidar com as suas inseguranças e aflições.

Que sequer fala direito (quando fala!) sobre o que sente, e que está apenas aprendendo a viver nesse mundo maluco… Me sinto meio deprimida só de pensar nessa situação!


Veja também que apesar das dificuldades da maternidade, você não precisa de capa para ser uma mamãe super poderosa!


Por isso, resolvi falar sobre isso com você, amiga mamãe! Vale mesmo a pena deixar o bebê chorando? Você sabe por que ele chora, afinal? Quais são as alternativas?

Vamos falar sobre tudo isso e muito mais, para poder esclarecer melhor esse tema, tão polêmico! 😮

Se você descordar da minha opinião e achar que o bebê tem sim que ficar no berço até dormir, não tem problema! Deixe os seus comentários no final do post, e vamos discutir o tema!

O bacana é isso: poder expor os nossos sentimentos e opiniões, e juntas, chegarmos a conclusão do que é melhor para cada uma e seu bebê!

Tem quem pense: vou deixar o bebê chorar porque é birra. Será mesmo?

É mais do que normal o bebê chorar. Inclusive, ele vai chorar por qualquer motivo, porque essa é a primeira reação que ele aprende. Sendo assim, o bebê pode chorar por birra? Sim, pode!

Mas eu acredito que esse serzinho tão indefeso e dependente, pode chorar por diversos outros motivos, antes de ser por birra. Acredito que pelo menos no início, não há tanta esperteza assim no bebê, para que já aprenda a fazer manha.

Tanto que, quando a minha filha chorava, meu coração apertava, e eu pensava em logo acolhe-lá para que se sentisse protegida.

Por que o bebê chora?

Chorar é a única alternativa e a única ferramenta que ele tem. É a única maneira que o bebê encontra de se manisfestar para que suas necessidades básicas como fome, sono, dor, enfim, sejam atendidas.

Necessidades essas que podem ser físicas e emocionais.

Aí, vem a mãe, que está exausta sem dormir direito há meses porque a criança não dorme (eu também, portanto, sem julgamentos!), lê um livro da moda, troca ideia cazamiga que “aplicaram a técnica e deu certo”.

Então ela resolve que precisa fazer o mesmo com seu filho: deixá-lo chorando até dormir.

Gente, isso soa como um total absurdo para mim! Claro que a criança vai dormir, mas as questões aqui são outras: Como ela vai dormir? O que essa experiência vai trazer para a criança? O “benefício” é para quem?

Como ela vai ficar depois, lá na frente, quando precisar solucionar um problema da vida dela? Primeiro de tudo, não tenho dúvidas de que essa criança vai dormir cansada de tanto chorar. Isso é bom??? Para quem???

Fisiologicamente, a criança desiste de chorar. Chora para pedir ajuda, não encontra resposta para a aflição que está passando e isso dá mais aflição ainda. Chora mais e mais, até que percebe que está sozinha e desiste.

Tudo isso, deve trazer conseqüências e afetar psicologicamente a criança.

Já ouvimos muitas vezes sobre a importância da formação emocional da criança na primeira infância e também sobre a importância da presença, do toque, do afeto, do aconchego…

Principalmente no primeiro ano de vida, essa presença é essencial para que a criança consiga se estruturar e formar sua personalidade, com segurança. Eu acredito nisso.

É correto deixar o bebê chorando no berço?

Quimicamente, imagino, o choro constante por muito tempo deve descarregar um bando de sustâncias ruins pelo corpo. Além de gerar conexões complexas e trazer outros efeitos para o organismo da criança, ainda em formação.

Não sou especialista do sono. Mas não duvido que uma criança que aprendeu a dormir chorando tenha mais propensão a doenças ou alergias, por exemplo.

Confesso também que não conheço muito bem a técnica de “deixar a criança chorar para dormir”, nem quero conhecer. Meu coração não me permite conhecer! Por isso, fica a critério de cada mãe, decidir o que fazer.

Há até médicos que podem indicar essa técnica, enquanto outros, vão descordar totalmente. Portanto, nesse caso, cabe a mãe decidir o que fazer.

mamae-super-poderosa-bebe-chorando-no-berco-pb-deixar-o-bebê-chorar
O fato de o bebê parar de chorar e dormir, não significa que ele tenha dormido bem

 

A a ciência diz que não faz mal. Mas, você, gostaria de ficar chorando no berço até dormir?

Peço desculpas a quem a defenda, mas não consigo compreender o princípio básico disso e acabo não me interessando… Imagino que deva existir algum embasamento.

Mas, para mim, nada justifica tratar uma criança ou um bebê como um adulto. É preciso se colocar no lugar dele antes, compreender se ele está preparado para aquilo e refletir sobre as conseqüências que podem acarretar para ele.

Chorar de desespero não é bom. Sim, é natural, faz parte do funcionamento do nosso corpo. Mas a sensação que o choro de solidão e desespero traz não é boa para ninguém, né, gente?!

Por outro lado, concordo que não dá para poupar a criança de tudo. Ela vai chorar mesmo em algum momento, na verdade, muitas vezes ao longo da vida.

Mas a gente não precisa provocar isso, ainda mais quando o objetivo é criar um hábito precioso que vai acompanhá-la para sempre: dormir.

Para mim, essa coisa de deixar chorando no berço até dormir soa como uma solução de um problema imediatista. Sem contar que pode trazer conseqüências mais complicadas para este ser lidar no futuro.

A única conclusão que fica clara para mim é que, ao deixar a criança ou o bebê chorando até dormir, você estará ensinando a criança a se estressar, a se magoar, a se ressentir e a desistir. E só.

Entendo, compreendo e compartilho da dor (sim, sono dói) das mães que não conseguem dormir como antes. É duro. Mas, mesmo assim, eu não gostaria de ficar chorando na cama até dormir. Você gostaria?

Deixar o bebê chorar antes de dormir pode trazer diversas consequências

Acredito que entre as piores consequência, está o fato de que o bebê pode associar a hora do sono, ou mesmo o seu berço, a uma coisa ruim. Isso, inclusive, vai fazer com que ele tenha cada vez  mais resistência ao sono.

Além disso, a razão mais provável para que uma criança pare de chorar é que simplesmente ela desistiu de chorar. Ou aprendeu que não será atendida mesmo se continuar chorando.

Se os pais veem um bebê chorando como sinal de birra, pensarão que o fato de o bebê desistir do sono é positivo.

Mas na verdade, de acordo com a psicobiologia, essa reação do bebê é chamada de extinção de comportamento. Isso acontece quando há omissão em relação ao sentimento a criança.

Com isso, percebemos que é possível ensinar um bebê a não chorar. Mas isso tem uma consequência muito séria: o desamparo aprendido.

Como você se sente, sabendo que mesmo que involuntariamente, está ensinando o seu bebê que você não estará lá sempre que ele precisar?

mamae-super-poderosa-deixar-o-bebê-chorar
Deixar o bebê chorar até dormir, pode fazer com que ele associe o sono a algo ruim

Razões para não deixar o bebê chorar até dormir

Acho que já listei aqui diversos motivos que enfatizam o quanto, na verdade, é ruim deixar o bebê chorando, certo? Mas, ainda posso listar mais algumas razões que eu vejo como determinantes:

  • Cada vez que você acalenta o seu bebê, seja para dormir ou não, você está reforçando o laço maternal com ele. Instintivamente ele saberá que você oferecerá toda a proteção que ele precisa para ficar tranquilo.
  • Estudos comprovam que quando mais você atender o bebê quando ele chorar, mais ele aprenderá que não precisa chorar. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam…
  • É cientificamente comprovado que o choro de bebê é o som que mais desestabiliza o emocional do ser humano (e até de alguns animais!).
  • Considerando todo o cansaço e sobrecarga emocional que todas as mães já sofrem naturalmente durante os primeiros meses do bebê, por que você vai deixar o bebê chorar o contribuir ainda mais para piorar esse quadro?
  • Poucas coisas são tão prazerosas na vida, quanto sentir o seu filho junto a você, sentir o calor e o cheirinho dele. Então aproveite!
mamae-super-poderosa-bebe-dormindo-no-colo-deixar-o-bebê-chorar
Fazer o bebê dormir no colo, além de tudo, é maravilhoso e fortalece ainda mais o laço entre mãe e bebê

Conclusão: Deixar o bebê chorar, agora a decisão é sua

Eu gosto de pensar que eu tenho sim que pegar a minha filha no colo. Fazê-la dormir e acalentá-la tanto quanto for preciso, e tanto quanto eu puder. Porque, uma hora ela vai crescer e isso não será mais possível.

Sei que quando isso acontecer, eu vou sentir muita falta. Por isso, prefiro aproveitar e sei que nunca vou me arrepender por tê-la deixado chorando sozinha, ou por não tê-la carregado muito no meu colo.

Acho horrível a ideia do bebezinho indefeso e assustado, chorando sozinho no berço. Talvez até pensando: “Onde estará a minha mamãe? Ela me abandonou?”.

Eu entendo (com certeza!) todo nosso cansaço. Sem contar que, às vezes, temos que tirar energia e bom humor da unha do dedão do pé, para conseguir dar conta do recado.

Por isso, entendo as mães que exaustas, decidem apelar para a técnica de deixar seu bebê chorando até dormir. Mas sabe, talvez seja aí que está o x da questão: até que ponto essa atitude está fazendo com que você realmente se sinta melhor?

 

mamae-super-poderosa-bebe-chorando-mae-dormindo-deixar-o-bebê-chorar
O bebê pode se sentir abandonado ao ficar chorando sozinho no berço

Cada mãe sabe o que é melhor para si e seu bebê

Então, cabe a cada uma decidir. Até porque, ninguém melhor do que você para saber o que é melhor para você e seu bebê.


Tenho ainda outras dicas bacanas que podem te interessar:


Se você chegar a conclusão de que, pouco importam o que dizem, você vai ficar com meu bebê no colo até ele dormir, ou, vai colocá-lo no berço e ficar lá do lado, porque não há forças mais para carregá-lo: ótimo! Faça a sua melhor escolha!

Lembre-se de deixar os seus comentários aqui! Conte se você concorda em deixar o bebê chorando no berço ou não. Conte também como você fez ou faz com o seu bebê. Pode ser até, que encontremos uma solução para o nosso problema, a partir do exemplo de outras mães.

Além disso, se você precisar de mar alguma informação que não encontrou aqui, escreva também! Será um prazer responder todos os comentários, críticas e sugestões!ebook-deixar-o-bebê-chorar

 

Falando de outro desespero na vida da mãe, uma coisa que me ajudou muito foi saber os marcos de desenvolvimento do bebê.

Assim, pude observar melhor a minha filha, desde o primeiro mês, sabendo exatamente como eu devia me preocupar e direcionar as conversas com o pediatra.

Por conta disso, reuni as principais informações sobre os marcos de desenvolvimento para facilitar a sua vida.

Você pode baixá-lo gratuitamente aqui ➡ http://bit.ly/desenvolvimento-do-meu-bebe ⬅.

Beijos,

 

Juliana Sá e Olívia - Mamãe Super Poderosa

Jú Sá

Blog Mamãe Super Poderosa

1 Comentário

Comentário e Respostas
  1. Oiiii. Concordo com todos os seus argumentos. Tbm não entendo essas técnicas doidas que inventam a cada dia. Só descordo de uma coisa: que toda mãe sabe o que é melhor para seu filho, vejo cada mãe por aí que dá vontade de chorar. Gente mal informada e desinteressada e sinto que são muitas vezes egoistas, que esqueceram que já foram crianças um dia. Enfim… Obrigada pelo texto lindo. Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *