Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Primeira Gravidez: tudo que uma mãe de primeira viagem precisa saber

Você descobriu que está grávida e está cheia de dúvidas e receios? Calma! Isso é normal!

A primeira gravidez costuma assustar, e muito! Deve ser impossível encontrar uma mulher que tira de letra, a primeira gravidez.

Afinal, como se trata do início de uma nova fase de vida (e que nova fase!), é normal sentir medo e ficar cheia de dúvidas.

Por isso, é super importante pesquisar bastante, conversar muito com o seu médico e com as suas amigas mães, e tentar esclarecer tudo o que estiver obscuro dentro da sua cabeça!

A gravidez é uma experiência única na vida de uma mulher e que impacta totalmente em sua vida, mudando desde a sua rotina e prioridades, até o seu corpo.


Leia também sobre a difícil (e comum!) dúvida sobre abandonar ou não, a carreira para cuidar do filhos. Vale a pena?


Portanto, é preciso tentar, ao máximo, se sentir confortável com a situação, tanto para poder desfrutá-la pra valer, quanto para ficar em paz e tranquila para a chegada do bebê.

Foi pensando nisso que eu trouxe esse post para você, minha amiga mamãe de primeira viagem! Quero ajudar a esclarecer algumas das suas dúvidas e te tranquilizar, para que você curta muito esse momento mágico da sua vida!

Todas as mulheres merecem isso! Portanto, aproveite! E se por acaso, você não encontrar resposta para alguma dúvida ou receio, aqui nesse conteúdo, escreva nos comentários! Terei muito prazer em responder!

Primeira Gravidez – Exames e Procedimentos Iniciais

Você deve estar pensando: Estou grávida! E agora?

mamae-super-poderosa-primeira-gravidez-teste-gravidez
É normal sentir dúvidas e medos assim que se descobre a primeira gravidez

Antes de tudo: fique calma! Se você estava tentando engravidar, imagino que apesar do medo, você está extremamente feliz. Se você não estava tentando engravidar e, literalmente descobriu a gravidez, imagino que você esteja bem assustada!

Mas, em ambos os casos, é importante respirar fundo, entender que uma nova vida está iniciando para você (e dentro de você!) e encarar isso da melhor forma possível.

Não vou negar que a gravidez é uma fase um pouco puxada, seja pela rotina do pré-natal e pelas transformações no corpo, ou por tudo que é preciso providenciar para a chegada do bebê.

Mas também, não há como não considerar a gravidez como a fase mais linda da vida de uma mulher, e mais cheia de amor e de expectativa! É muito emoção em cada detalhe e em cada exame.

Aliás, os exames são essenciais! Logo que você descobrir a gravidez, seja pelo teste de farmácia ou pelo exame de sangue, agende uma consulta com seu ginecologista para que inicie o seu pré-natal.

Há uma série de exames que são necessários logo no início da gravidez, e o seu médico irá orientar você sobre como e quando fazer cada um deles. Leve seu pré-natal muito a sério. Ele é fundamental para garantir uma gestação tranquila e saudável.

Cuidados na primeira gravidez

Seja a primeira, a segunda ou a terceira gravidez, é importante ter certos cuidados. Mas, como na primeira gravidez há inexperiência sobre a gestação, é preciso ter ainda mais cautela e atenção.

Alguns cuidados são essenciais nos primeiros três meses de gravidez, devido esses serem os mais críticos:

  • Tome ácido fólico. Ele é essencial para a formação neurológica do bebê;
  • Caso ainda não seja imunizada contra Rubéola e Hepatite B, tome as vacinas. Esses são problemas que podem comprometer a formação do feto, por isso, é fundamental prevenir;
  • Caso você tenha facilidade para engordar, procure uma nutricionista para que você comece uma dieta adequada;
  • Informe seu ginecologista caso você tenha algum problema de saúde como diabetes, pressão alta, problemas de tireoide,etc.
mamae-super-poderosa-primeira-gravidez-no-medico
Seu médico te dará todas as orientações necessárias sobre o pré-natal

Alguns cuidados são fundamentais também, não apenas nos três primeiros meses, mas durante toda a gestação:

  • Não consuma carne mal passada, peixe crú e vegetais mal lavados. Se tiver gato, peça para que alguém limpe a caixa de areia dele para você. Há o risco de contrair toxoplasmose;
  • Caso seja fumante, pare imediatamente de fumar;
  • Bebidas alcoólicas, nem pensar! O álcool pode comprometer a formação do bebê;
  • Não tome mais nenhum medicamente sem consultar o seu médico antes;
  • Diminua o consumo de cafeína;
  • Evite esforços físicos exagerados.

Primeira gravidez – semana a semana

Uma gravidez dura em torno de 40 semanas. A cada semana, o bebê se desenvolve mais.

É uma evolução contínua e, por isso, é importante que a mãe tome todos os cuidados necessários, para garantir que o bebê cresça saudável e forte.

mamae-super-poderosa-primeira-gravidez-barrigao
É preciso curtir a fase da gravidez, pois, ela passa depressa

Cada semana é um marco no desenvolvimento do bebê. A cada exame de ultrassom, é possível ver o quanto ele se desenvolveu e está se tornando um bebezinho lindo e perfeito!

Veja o marco de cada semana

Primeiro trimestre

  • 1ª Semana: ovulação;
  • 2ª Semana: fecundação;
  • 3ª Semana: deixa de ser uma célula única e se torna um embrião;
  • 4ª Semana: inicia-se a diferenciação celular;
  • 5ª Semana: formação das estruturas embrionárias;
  • 6ª Semana: o coraçãozinho começa bater;
  • 7ª Semana: todos os órgãos em pleno desenvolvimento;
  • 8ª Semana: os primeiros movimentos começam;
  • 9ª Semana: o feto ficando com forma de um bebê;
  • 10ª Semana: termina o período embrionário;
  • 11ª Semana: o bebê já boceja e se movimenta bastante;
  • 12ª Semana: o bebê já está completamente formado.

Segundo trimestre

  • 13ª Semana: ouve-se o coração através de um exame de ecografia;
  • 14ª Semana: a placenta funciona plenamente;
  • 15ª Semana: o bebê já ouve os sons do corpo da mãe;
  • 16ª Semana: agora ele já é capaz de coordenar os movimentos;
  • 17ª Semana: o bebê pode ouvir os sons do exterior;
  • 18ª Semana: os dedos do bebê formam as impressões digitais;
  • 19ª Semana: o estômago dele produz suco gástrico;
  • 20ª Semana: o bebê desenvolve os 5 sentidos;
  • 21ª Semana: os rins dele começam a produzir líquido amniótico;
  • 22ª Semana: o cérebro cresce rapidamente;
  • 23ª Semana: agora ele distingue os sons. Sabe qual voz é da mamãe e qual é do papai, por exemplo;
  • 24ª Semana: já é um bebê viável, apesar de imaturo.

Terceiro trimestre

  • 25ª Semana: ele já é capaz de fechar as mãos e agarrar os pés;
  • 26ª Semana: o bebê reage a estímulos externos;
  • 27ª Semana: seu corpinho está cada vez mais roliço e redondo;
  • 28ª Semana: o bebê sente prazer em ouvir a voz da mãe;
  • 29ª Semana: ele é capaz de distinguir a luz do sol e a artificial;
  • 30ª Semana: o bebê vira de cabeça para baixo para se posicionar para nascer;
  • 31ª Semana: a cor dos olhos começa a definir-se;
  • 32ª Semana: os 5 sentidos estão a funcionar plenamente;
  • 33ª Semana: os registros dos movimentos fetais podem ser registrados;
  • 34ª Semana: há o desenvolvimento do sistema imune do bebê;
  • 35ª Semana: o bebê está engordando, e ficando pronto para nascer;
  • 36ª Semana: agora ele está pronto para nascer, mas pode engordar mais um pouquinho.

A reta final

  • 37ª Semana: bebê de termo! Já pode nascer tranquilamente;
  • 38ª Semana: clinicamente maduro para nascer;
  • 39ª Semana: totalmente pronto para nascer;
  • 40ª Semana: pronto para a sua nova vida fora do útero e já engordou o máximo que pode.

10 perguntas comuns para uma gestante de primeira viagem

Como as dúvidas e receios da primeira gravidez costumam ser comuns para a maioria das mulheres, listei aqui algumas perguntas que são as mais comuns, e que podem te ajudar:

1 – A relação sexual durante a gravidez prejudica o bebê?

Não. Evite posições que não sejam muito confortáveis, por exemplo; mas você pode levar uma vida sexual normal durante a gestação. Apenas informe-se com seu médico sobre cuidados com herpes, por exemplo.

2 – Tem problema dormir de bruços na gravidez?

No início da gravidez, não. Inclusive, dentro de poucas semanas você não conseguirá mais dormir nessa posição, e automaticamente ela será evitada.

3 – Será que eu vou ser capaz de cuidar de um bebê?

Não se preocupe com isso durante a gestação. Tem uma frase que diz “Quando nasce um bebê, nasce uma mãe” e ela é perfeita! Os extintos maternais afloram assim que for preciso, e você saberá cuidar do seu bebê como ninguém!

4 – E se eu não tiver leite para amamentar?

Se você não tiver leite, as fórmulas são excelentes alternativas e estão aí para ajudar. Assim como os bancos de leite. Porém, é pouco provável que você não tenha leite, por isso, não sofra por antecipação.

5 – Mesmo mulheres com seios pequenos conseguem amamentar?

Sim! O tamanho dos seios não influenciam na produção de leite materno.

6 – Por que a minha barriga demora para crescer?

A gestação pode ser diferente de mulher para mulher, porque cada corpo reage de uma maneira. Portanto, se estiver tudo bem com a sua gravidez, não se preocupe se a sua barriga não for tão aparente. Logo ela estará imensa!

7 – Quem vai cuidar do meu bebê quando eu voltar a trabalhar?

Apesar de não ser recomendado sofrer por antecipação, isso é algo que infelizmente você precisará pensar o quanto antes. Informe-se sobre parentes ou cuidadores que poderão ficar com o bebê, ou mesmo uma creche. Ou se for estiver disposta a parar de trabalhar, pense bem sobre o assunto e amadureça bem a ideia. Afinal, essa é uma decisão séria.

Falei mais sobre esse assunto nesse post → Deixar o emprego para cuidar dos filhos: como tomar essa decisão?

8 – Minhas axilas e minha virilha ficarão escuras para sempre?

Não. Isso é uma dúvida bem comum e é até engraçada. Todas as mulheres ficam horrorizadas quando certas partes do corpo começam a escurecer. Mas calma, isso é por causa dos hormônios da gravidez. Depois, volta tudo ao normal.

9 – Minha barriga voltará ao normal?

Amiga, devo lhe informar que dificilmente. Mas, a boa notícia, é que se você se cuidar durante a gravidez, mantendo uma alimentação equilibrada, e exercícios adequados para a gestação, a sua barriga pode ficar linda rapidinho, sim!

mamae-super-poderosa-primeira-gravidez-meditando
É essencial se cuidar durante a gravidez, para ter uma gestação saudável e tranquila

10 – Será que o parto normal dói muito?

A sensação tanto do parto normal quanto da cesárea, mudam de mulher para mulher. Por isso, não há como se basear na experiência de outra pessoa para deduzir como será a sua. Pense no parto como um momento único e maravilhoso.

Opte pelo que for melhor para você e para o bebê, principalmente.

Primeira Gravidez: dicas essenciais

Além das dicas fundamentais para o primeiro trimestre e para toda a gestação que já citei aqui, é muito importante que você considere algumas outras dicas.

Essas, são dicas mais do tipo “de mãe para mãe”, baseadas não apenas na minha própria experiência de gestação, mas também, em pesquisas e papos com outras mães:

  • Aproveite muito cada momento da sua gestação. É uma fase muito especial e que, embora não pareça, passa rápido.
  • Sinta-se linda! Pois, toda mulher grávida é linda! Gerar uma criança é um dom divino e maravilhoso, não há como não se sentir linda e especial.
  • Tire muitas fotos! Registre muitos momentos especiais da sua gestação. Além de ser bacana mostrar as fotos para o seu filho depois, você terá boas recordações para guardar.
  • Não fique se estressando pensando nos preparos do enxoval. O principal é cuidar da sua saúde e do bebê, e garantir tranquilidade para a chegada dele.
  • Descanse muito. Quanto mais você puder dormir e relaxar, faça. Você vai se cansar de ouvir esse conselho, mas acredite: depois que o bebê nascer, ele fará todo sentido para você. Então descanse!
  • Use hidratante na barriga diariamente. Manter a barriga hidratada é essencial para não desenvolver estrias.

Coisas que toda gestante de primeira viagem precisa saber

É importante que você saiba que todos os sentimentos confusos que você teve assim que descobriu a gravidez, e que provavelmente você ainda está sentindo, são muito comuns.

Todas as mulheres passam por isso. É muito normal e faz parte. Afinal, a gravidez é sim uma mudança de vida. Mas a vida que vem depois da gravidez, é repleta de um amor sem medidas. Não há como explicar essa realização.

Além disso, não sinta medo das mudanças em seu corpo e nem do que pode acontecer depois. Aproveite a sua gravidez e seja feliz!

Conclusão: Cuide muito bem da sua primeira gravidez

O mais importante de tudo, é você manter a calma e tentar curtir ao máximo a sua gravidez! É uma fase de muitas descobertas, e que requer muitos cuidados, como você pôde ver aqui no post.

Por isso, faça um bom acompanhamento médico e leve a sério o seu pré-natal. Cada passo do pré-natal é muito importante!

Não fique sofrendo com preocupações sobre o que pode ou não acontecer depois que o bebê nascer. Curta cada fase e deixe as coisas acontecerem.

mamae-super-poderosa-primeira-gravidez-bebezinho
Não se preocupe com os cuidados do bebê. O extinto maternal tomará conta de tudo

Outros posts que podem te ajudar nessa nova fase da sua vida:


O importante é que você sempre busque esclarecer todas as dúvidas, seja com seu médico, com as amigas ou mesmo em pesquisas na internet e livros.

Não se esqueça de deixar seus comentários aqui, também! Conte como você está se sentindo na sua primeira gravidez e, caso haja algo que você não encontrou aqui e gostaria de saber, escreva também!

Uma excelente e linda primeira gravidez para você!

 

2 Comentários

Comentário e Respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *